fbpx

Energia Solar Fotovoltaica – Vale a pena investir

Dando continuidade aos temas de sustentabilidade, vamos falar sobre a Energia Solar Fotovoltaica e seus benefícios.

Eai, já chegou a ver casas ou lojas com esse sistema?

Acompanhe esse artigo e veja o quanto essa tecnologia pode mudar sua vida!

O que é Energia Solar Fotovoltaica?

A energia solar fotovoltaica é a produzida através da transformação da luz solar em energia elétrica.

Quanto maior a radiação solar, maior será a quantidade de energia elétrica que pode ser produzida. Entretanto, isso não significa que não podemos obter energia fotovoltaica em dias nublados ou chuvosos.

Fotovoltaica

A evolução da energia fotovoltaica teve início em 1839, quando houve os primeiros estudos sobre o efeito fotovoltaico, porém ao longo dos anos sua célula fotovoltaica tinha uma baixa eficiência, algo que foi melhorando ao passar dos anos.

No Brasil o sistema foi regulamentado em 2012 pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), onde foi permitido a qualquer consumidor gerar sua própria energia renovável conectada à rede de distribuição, e possibilitando a geração de créditos energéticos.

Como funciona a Energia Solar:

A energia solar vem sendo utilizada em residências, estabelecimentos e industrias, além de seu uso nas usinas solares. A utilização dessa forma de geração de energia pode ocorrer para gerar eletricidade ou aquecer líquidos, dependendo do seu propósito.

O sistema de energia solar fotovoltaico funciona com painéis solares que captam a luz e geram energia. Esta energia é levada ao inversor solar, o qual é responsável pela conversão do tipo de corrente, distribuindo-a para o local.

Há 3 formas de funcionamento de um sistema de energia fotovoltaico, que varia de acordo com o sistema instalado, são eles:

  • Sistema de energia solar conectado à rede (on-grid);
  • Sistema fotovoltaico isolado ou autônomo (off-grid);
  • Sistema de energia solar híbrido.

Placas solares em casas

É possível diferenciar essas 3 formas de acordo com o seu modo de operação. O sistema on-grid atua com a inserção de energia diretamente na rede elétrica, em quanto há luz no local. Já o sistema off-grid funciona por meio de um banco de armazenamento que possui baterias que não estão ligadas a rede elétrica, sendo assim seu diferencial o funcionamento em períodos noturnos ou chuvosos (momentos em que há baixa ou nenhuma incidência de luz).

Já o sistema hibrido tem sua operação de modo simultâneo entre o on-grid e off-grid, fazendo com que funcione conectado à rede em quanto as baterias estão carregadas, e vice-versa.

Para exemplificar, o sistema pode ser classificado em 5 passos:

1) Geração de energia pelo painel;

O Painel Solar reage com a luz solar e produz energia elétrica. Os painéis solares são conectados uns aos outros até o Inversor Solar.

2) O inversor solar converte a energia;

O Inversor Solar converte a energia solar dos painéis fotovoltaicos de Corrente Continua para Corrente Alternada. Assim sendo possível a utilização em todos os utensílios domésticos.

3) A Energia solar é distribuída;

A energia gerada por você é distribuída no local, reduzindo a compra de energia pela distribuidora. Porém é necessário ressaltar que cada distribuidora tem suas regras e exigências para a conexão de sistemas fotovoltaicos.

4) A energia solar é utilizada pelos utensílios e equipamentos elétricos;

5) O excesso de energia vai para a rede da distribuidora, gerando créditos.

Com a instalação do sistema solar, o seu relógio de luz vai ser substituído por um relógio de luz bidirecional que mede a entrada e saída de energia. Esse relógio mede o quanto de energia da rua é consumida quando não há sol e a energia solar gerada em excesso injetada na rede da distribuidora. Ou seja, se você produzir mais do que consumiu você recebe créditos de energia que podem ser usados na próxima conta, variando com sua classe de consumo (residencial, comercial ou industrial).

Energia Limpa

 A energia solar é umas das energias consideradas limpas e renováveis, podendo ser considerada ambientalmente vantajosa inclusive quando comparada com a energia proveniente de hidrelétricas.

Mas você sabe exatamente porque essa energia é considerada tão limpa?

Energia limpa

Para respondermos essa pergunta é importante verificar o por que as outras energias não são tão ambientalmente amigáveis.

  • Energia termoelétrica: é produzida através da queima de combustíveis como o carvão mineral, petróleo, gás natural e outros. Esse processo é considerado não renovável e emite grande quantidade de dióxido de carbono (CO2), contribuindo para o aquecimento global e prejudicando a qualidade do ar.
  • Energia hidroelétrica: é obtida através do potencial hidráulico dos rios, que devido à alta vazão movimentam turbinas. As hidrelétricas necessitam de uma grande quantidade de água em seus reservatórios, dessa forma, as regiões dos rios e represas podem ser propositalmente alagadas, prejudicando a vida aquática bem como eliminando espécies e ecossistemas.

A energia fotovoltaica, por outro lado, se utiliza de uma fonte abundante de energia e que se renova diariamente: o sol. Essa energia não interfere na fauna e na flora e não emite poluentes ao ambiente.

Vantagens / Desvantagens

O sistema de energia solar fotovoltaica traz inúmeras vantagens, principalmente:

  • Há baixa manutenção;
  • É uma energia limpa, sustentável e renovável;
  • Solução para áreas sem eletricidade;
  • Economia de 90% na conta de luz;
  • Vida útil elevada;
  • Redução de perdas por transmissão e distribuição de energia, já que a eletricidade é consumida onde é produzida;
  • Redução de investimentos em linhas de transmissão e distribuição;
  • Baixo impacto ambiental;
  • Fornecimento de maiores quantidades de eletricidade nos momentos de maior demanda (ex.: o uso de ar-condicionado é maior ao meio-dia no Brasil, quando há maior incidência solar e, consequentemente, maior geração elétrica solar);
  • A não exigência de área física dedicada; e
  • Rápida instalação devido à sua grande modularidade e curtos prazos de instalação, aumentando assim a geração elétrica necessária em determinado ponto ou edificação.

Há também desvantagens no sistema, por se tratar de uma tecnologia não muito difundida no país. São elas:

  • Alto custo de aquisição;
  • Não produz energia durante a noite, e sua capacidade é reduzida durante chuvas e dias nublados, tornando-a dependente da energia da distribuidora;
  • Falta de incentivos no Brasil
  • Baixa capacidade de armazenamento (dependendo do sistema utilizado);

Aplicações

A energia solar fotovoltaica é bastante utilizada em fazendas, já que muitas vezes a energia elétrica não atinge lugares mais distantes das cidades. Além disso, o proprietário conta com a vantagem de não pagar a conta de luz. Outro ponto positivo para os agricultores é não precisar se preocupar com manutenção, já que as placas tem uma duração de 25 anos.

A NASA utiliza energia solar em seus satélites desde 1958. Embora essa tecnologia apresentasse um custo elevado na época, a mesma foi escolhida devido sua confiabilidade e durabilidade.

Nasa

Atualmente, as placas fotovoltaicas estão sendo bastante utilizadas no setor de transporte rodoviário.  Essa tecnologia não está somente sendo utilizada nos carros, para armazenar a energia solar e utiliza-la na própria movimentação do veículo, mão também essa tecnologia está sendo utilizada nas vias.

Países como França, Alemanha, Holanda e China já possuem rodovias com painéis solares.

Rodovias com painéis solares

Eai? Convencemos o leitor a respeito da utilização da energia solar?

Você instalaria essa tecnologia na sua residência?