Dicas de como construir uma casa barata

Dicas de como construir uma casa barata

by Alexandre

in Dicas para economia na obra

A construção de uma casa barata é um processo que demanda algum tempo de estudo entre o profissional e o futuro proprietário, com o intuito de achar alternativas que auxiliem na redução do custo total da obra. A maioria das vezes está diminuição do valor é almejada pelo cliente devido ao reduzido montante de recursos disponíveis para a construção, sendo fundamental para sua realização a diminuição de gastos, sem que haja perda na qualidade da obra.

A redução do custo de construção deve ser feito com o auxilio de um profissional de arquitetura ou engenharia que entenda não só do campo técnico como o administrativo, que deverá levar aos meios possíveis de barateamento da obra produzindo uma construção de baixo custo e que atenda todas as normas técnicas.

Existem etapas da obra onde pode ter um barateamento da construção, dentre algumas estão:

  • Acabamentos;
  • Cobertura;
  • Elétrica;
  • Número de pavimentos;
  • Hidro-sanitário;
  • Aberturas;
  • Estrutura da edificação;
  • Mão de obra;

Meios de redução de custo na construção da casa

1. Acabamentos

No geral, essa é uma das etapas que mais auxilia na redução de gastos, já que no mercado brasileiro existe uma infinita variedade de materiais de acabamento disponíveis com qualidade e que atendem as normas técnicas. A escolha de produtos de boa qualidade e de baixo custo possibilita o barateamento da construção de forma bastante significativa, diminuindo o custo final da obra.

Os acabamentos que mais podem auxiliar na diminuição dos custos da construção podem ser:

1.1 Pintura

A diminuição pode começar na realização da pintura através de:

  1. Retirar a aplicação de massa pva e massa acrílica, que auxilia na diminuição de material e mão de obra;
  2. Aplicação somente de selador, tinta acrílica e tinta pva em toda construção:

1.2 Piso

A colocação dos pisos tem sua redução de custos em:

  • Pesquisa de preços de produtos nas empresas especializadas onde se tem materiais de ponta de estoque de boa qualidade e que atende as normas técnicas;
  • Utilização de piso cerâmico na maioria dos cômodos da construção;
  • Um contrapiso de excelente regularidade e nivelamento, evitando assim gastos desnecessários com argamassa para a colocação dos pisos;
  • Evitar sempre que possível o recorte dos pisos, através de um projeto bem planejado;

1.3 Cozinha e banheiro

A cozinha e o banheiro são os cômodos onde os custos são relativamente altos, pois o revestimentos das paredes são feitos por azulejos,  além dos metais, torneiras, registros para a parte hidráulica e louças para vaso sanitário e lavatórios e pia de cozinha. O método de construção para o seu barateamento deve ser realizado da seguinte forma:

  • Utilizar azulejos na cozinha até a altura de 1,80m e no banheiro até o teto nas paredes do boxe e nas demais até altura de 1,50m;
  • Escolha vasos e lavatórios das versões mais básicas dos fabricantes;
  • Torneiras de plástico são uma boa alternativa para reduzir o custo;
  • Cabides, porta toalha, papeleira, porta shampoo, utilizar esses acessórios em plástico;
  • Acabamento e válvula de descarga também em material plástico;
  • Registros em acabamento mais simples;

3. Cobertura

A realização de um telhado simples com poucos efeitos estéticos e sem muitas quedas auxilia no barateamento de uma construção, pois reduz a utilização de rufos, madeiras e pregos, além de reduzir o custo da mão de obra. Procure privilegiar a utilização de telhas de fibrocimento e telha de barro tipo romana, pois são produtos com um custo mais baixo que as demais oferecidas pelo mercado de construção.

4. Elétrica

Os materiais utilizados para instalação elétrica pode auxiliar no barateamento de uma construção, pois é de um custo mais elevado. A diminuição do valor desta etapa pode ser feita com cuidados e escolhas simples, tais como:

  1. Utilizar padrão monofásico disponibilizado pela concessionária;
  2. Usar interruptores e tomadas simples sem modulação;
  3. Não colocar interruptores paralelos;
  4. Calcular a quantidade de lâmpadas, utilizando soquetes simples;
  5. Fazer levantamento em diversas empresas de materiais de construção verificando o menor preço;

6. Fazer um bom projeto elétrico, indispensável para o correto dimensionamento de tomadas, interruptores, bitolas dos fios e lâmpadas ajuda na diminuição do desperdício e no preço final da etapa.

5. Hidro-sanitária

A utilização de métodos de diminuição de custos não vale muito para hidráulica, já que é um elemento que pode trazer problemas futuros, com prejuízos consideráveis, pois para a solução de eventuais problemas futuros o gasto com material e mão de obra é grande, com quebra de paredes e azulejos. Não fazer economia com registros e canos de qualidade duvidosa, pois são os principais ponto que trazem problemas numa instalação hidro-sanitária.

Para a escolha do volume de uma caixa d’água deve ser feito com relação à quantidade de pessoas que irão residir na casa em construção. Um exemplo prático, uma casa para 2 pessoas, deve-se utilizar uma caixa com 500 litros.

Para se economizar na parte de esgotamento sanitário o principal custo é com caixas de gordura, caixa de passagem e fossa séptica, para baratear esta etapa, elas devem ser construídas em alvenaria, já que as prontas têm um custo mais alto.

6. Aberturas

Para o barateamento desse item da construção é necessário a realização de um levantamento de preços nas empresas fornecedoras das esquadrias (portas e janelas) é ponto importante para a redução de custos desta etapa, pesquisando marcas e a qualidade dos produtos, sempre levando em consideração a qualidade dos materiais.

7. Estrutura da edificação

A parte estrutural de uma edificação deve ser calculada por um profissional com qualificação nesta área, um engenheiro civil, já que este profissional é responsável pelo dimensionamento correto da estrutura da casa evitando o desperdício dos materiais.

Outro fator é a eliminação do uso da laje, pois é um elemento de grande carga estrutural que aumenta a utilização de reforço de fundação, pilares e vigamento, além de produzir um gasto de maior de material de custo mais elevado.

8. Mão de obra

O barateamento de uma construção se dá  desde a formulação do projeto com profissional capacitado na área de planejamento arquitetônico e planejamento estrutural, pois está diretamente ligado a escolha dos tipos de acabamentos, estilo arquitetônico, aspecto formal  e a forma da estrutura da casa e mão de obra. A redução do custo pode ser realizada pela pesquisa de preços em alguns elementos básicos como a pintura, laje, cobertura, pisos e azulejos.

Conclusão

A união de vários fatores como custo de materiais, acabamentos, estilo da edificação, mão de obra, projetos e planejamento é que produz o valor final de barateamento de uma construção, para isso o proprietário deve seguir estes preceitos básicos a fim de diminuir o custo, quando pensar em construir a sua casa para que se torne mais barata e econômica.

 

{ 6 comments… read them below or add one }

Liliane maio 20, 2011 às 21:06

Ótimo post! Eu estava mesmo procurando essas informações. Só não quero abrir mão da laje, pois acho que é mais seguro e bonito que ficar só com forro.

David novembro 17, 2011 às 12:58

excelente post,vou começar a construir no ano que vem e essas dicas vem na hora certa,parabéns!!!

Marcos fevereiro 28, 2012 às 07:05

Realmente muito bom!!!

eliane maio 5, 2012 às 12:43

olá eu gostaria de saber quanto que eu gastaria pra fazer uma casa com 2 quartos sala e cozinha caragem bainheiro so pra levata e por lage.

Alexandre maio 15, 2012 às 09:24

Olá Eliane,

Primeiramente você tem que ter um projeto, pois não existe possibilidade de calcular desta forma.

Marta junho 6, 2012 às 18:14

Muito Bacana, era orquestra eu estava procurando.
Obrigado

Leave a Comment

Previous post:

Next post: